Tudo o que deve saber antes de comprar um colchão de látex

Set 22, 2021 | INFORMAMOS-TE | 0 comments

Fizeram o seu aparecimento nos anos 60, mas foi nas décadas seguintes que conseguiram um marco histórico: todo o mundo queria comprar um colchão de látex. Estes modelos arrasaram o mercado, até que apareceu o material viscoelástico, e a procura se equilibrou um pouco mais. Felizmente, hoje em dia dispomos de quatro grandes tipos de colchões por onde escolher (os mencionados colchões de látex e viscoelástica, aos quais juntamos molas e espuma), saindo a ganhar com qualquer das opções.

Os colchões de látex continuam a triunfar, porque hoje em dia são uma opção excelente para as noites calorosas de verão. Muito transpiráveis, ajudam a que o nosso corpo não sofra com a tão incómoda sudação. Um fator fundamental para milhões de pessoas, que apenas procuram um descanso fresco e acolhedor.

As principais virtudes dos colchões de látex

Os colchões de látex contam na sua composição com um fator diferencial: o látex natural. Ou, dito de outra forma, o material idóneo para o descanso, graças às prestações que oferece: uma elasticidade que ajuda a exercer uma pressão e contrapressão que varia segundo os pontos onde se exerça. Ou seja, os colchões de látex ajudam a que partes do corpo como ombros ou ancas não se sobrecarreguem.

Sem dúvida, outra das prestações que mais têm potenciado a popularidade dos colchões de látex é a origem natural do seu componente principal.  O látex provém do caucho, ou seja, de um material vegetal, o que o converte num modelo sustentável, mais respeitoso com o meio ambiente, e tão resistente e duradouro como os colchões viscoelásticos ou de molas (dez anos de máxima garantia).

Benefícios hipoalergénicos

Os colchões de látex combatem o aparecimento de fungos, mofo, ácaros, bactérias, e demais micro-organismos ou elementos que não só deterioram o próprio colchão, mas também o nosso descanso e, portanto, a nossa saúde.

Ajudam a acalmar certo tipo de dores

A espuma de látex com a qual estão compostos estes colchões adormecem as partes mais pesadas do nosso corpo: ancas, ombros, pernas. Portanto, estes modelos aliviam toda a pressão que costuma recair sobre estas articulações. Como se não fosse suficiente, ajudam também a alinhar de maneira correta a coluna, oferecendo um apoio mais suave ao pescoço e às costas.

Maior nível de transpirabilidade

Graças à estrutura de célula aberta com a qual estão confecionados, os colchões de látex oferecem maior nível de transpiração.  A sua composição (comandada pelos orifícios das suas camadas), permite um fluxo de ar mais constante. Além disso, os modelos fabricados com látex natural numa percentagem de 100%, garantem um ainda maior nível de transpirabilidade.

Durabilidade

Os colchões de látex, graças à sua composição de látex natural, podem oferecer entre dois e cinco anos mais de durabilidade. Ou seja, um colchão de látex de máxima qualidade poderia garantir entre 12 e 15 anos de vida útil.

Que tipo de descanso nos pode oferecer um colchão de látex, se o combinamos com os demais materiais?

O melhor da revolução tecnológica que experimentou o sector do descanso, foi a aplicação de vários materiais na hora de confecionar os colchões. Por isso, revisamos as prestações e o tipo de descanso que oferecem os colchões que combinam o látex com os demais materiais:

Látex e viscoelástica: ¿O que acontece quando junta os dois materiais mais avançados para confecionar um só colchão? Consegue juntar a suavidade, a transpirabilidade e a higiene do látex, com a receção, a adaptabilidade, e o esponjoso da viscoelástica.

Látex e molas: Os colchões de molas e os colchões de látex são os mais transpiráveis do mercado. Quando os combina, obtém o modelo mais fresco do mercado. Perfeito para todos aqueles dormentes que não desejam passar calor pelas noites.

Látex e espuma: Os colchões espumados oferecem grande nível de adaptabilidade. Por sua parte, o látex incrementa esta qualidade, com todas as suas prestações.