Problemas para dormir durante a menopausa

Ago 20, 2021 | INFORMAMOS-TE | 0 comments

A menopausa é a etapa da vida na qual as mulheres deixam de menstruar. Esta mudança biológica supõe uma diminuição da produção de estrogénio e progesterona. Como consequência disso, é normal que apareçam algumas moléstias, que podem prolongar-se durante vários anos.

A desordem hormonal não afeta da mesma forma todas as mulheres. Enquanto que, em algumas, este processo não supõe maior desconforto, outras sofrem alterações que se manifestam sobretudo durante o sono.

A menopausa aparece na franja etária que vai dos 40 aos 50 anos. Diagnostica-se como tal quando passaram 12 meses sem ter nenhuma menstruação. Por isso, antes da menopausa, há uma etapa conhecida como perimenopausa, na qual os períodos já começam a perder a regularidade habitual.

Quais são os efeitos que causa a menopausa?

As consequências mais habituais da menopausa são as ondas de calor, os suores noturnos, e os problemas no sono. Porém, os sintomas podem variar, dependendo de cada caso concreto.

As alterações hormonais que se produzem quando o período se acaba costumam afetar o estado de ânimo, e causar ansiedade, irritabilidade ou cansaço. Além disso, a menopausa pode ocasionar aumento de peso, acumulação de gordura, ou alterações na densidade de cabelo.

Problemas para dormir durante a menopausa

Não obstante, um dos problemas mais frequentes que aparecem com a menopausa é a dificuldade para dormir sem interrupções. Pode ocorrer que estejamos a dormir placidamente e, de repente, acordamos com um calor ardente e agoniante. Pode tratar-se de uma onda de calor, um ataque repentino que afeta principalmente o rosto, e a parte superior do corpo.

Ainda que costumem desaparecer nuns segundos, por vezes podem durar minutos, e apresentar-se acompanhados de sudações e palpitações. As ondas de calor supõem uma reação ante uma alteração do sistema termorregulador do nosso corpo. O problema é que, se se produzem enquanto se está a dormir, provocam uma interrupção involuntária do sono, diminuindo assim a qualidade do descanso.

Hábitos para melhorar o sono na menopausa

Para tentar descansar adequadamente, é aconselhável adotar hábitos que nos permitam melhorar, na medida do possível, a qualidade do nosso sono sem interrupções. Se está interessada, pode experimentar alguns dos nossos conselhos:

Criar um ambiente agradável

Na hora de ir dormir, é conveniente deitar-se o mais relaxada possível. Para isso, não nos interessa levar para a cama o telemóvel, o tablet, ou o computador. Os dormitórios livres de aparelhos eletrónicos criam um ambiente livre das interferências que alteram os ciclos do sono.

Além disso, é importante manter um nível ótimo de humidade, assim como uma ventilação adequada no quarto. Tanto a temperatura elevada, como a secura no ambiente, influem negativamente no resultado do nosso descanso.

Para ajudar a controlar a temperatura corporal, a roupa de cama e os pijamas que disponham de um nível alto de transpirabilidade podem ser uma boa opção a ter em conta. Por esse motivo, a nossa recomendação é optar pelos lençóis ou capas para edredão 100% algodão, já que evacuam facilmente o suor.

Praticar exercício regularmente

A prática de exercício físico em qualquer circunstância é uma garantia de saúde. Durante a menopausa todavia faz mais sentido, já que previne a perda de massa óssea, e dessa maneira pode-se evitar o risco de fraturas, e de padecer de osteoporose.

Além disso, a depressão é outra das consequências que, em alguns casos, a menopausa provoca nas mulheres. Para mitigar os seus efeitos, o desporto é um antídoto que melhora o estado de ânimo, e nos ajuda a permanecer ativos. Não é necessário realizar uma atividade de grande esforço: um simples passeio, uma volta de bicicleta, ou dançar, são algumas das atividades que pode praticar para se sentir melhor.

Conjuntos de descanso adequados

Em qualquer caso, um bom colchão é uma garantia para obter um descanso favorável. Por isso, na Maxcolchon, a nossa equipa de profissionais pode ajudá-la a eleger o que mais lhe convenha, segundo as suas necessidades.

Dentro da gama dos viscoelásticos, propomos-lhe o modelo Naturfresh. Ao estar especialmente desenhado para evacuar o calor e a humidade que são libertados enquanto dormimos, pode ser uma alternativa para resolver os problemas noturnos durante a menopausa. Irá deixá-la agradavelmente surpreendida!

E lembre-se: não hesite em consultar com o seu médico ante qualquer sintoma de menopausa. Um profissional poderá dar-lhe as diretrizes de que necessita nestes momentos.