7 truques para dormir melhor

Set 3, 2021 | ACONSELHAMOS-TE, MELHORA O TEU DESCANSO | 0 comments

Dormir melhor poderia ser considerado um dos propósitos que se repetem ano após ano. Em regra geral, passamos a infância e a adolescência com a capacidade de nos deitarmos a qualquer hora, e despertar sem nenhum tipo de dificuldade ao meio-dia. Uma época de mais de 20 anos, na qual fazemos inveja às pessoas mais velhas. Porém, o inevitável passo em direção à idade adulta, o lento envelhecimento, e as mudanças no nosso metabolismo, empurram-nos em direção às insónias, aos problemas para adormecer, e aos micro-despertares.

Ante essa situação, da qual parece que não podemos escapar, podemos encará-la de duas maneiras diferentes. A primeira opção é a resignação ou a negligência. Podemos pensar que é a lei da vida, e que já nos iremos acostumar ante as 5 ou 6 horas de má qualidade que nos espera cada noite. No outro extremo, a luta caracterizada por uma correta higiene de sono. Como consegui-lo? Apenas tem que ler muito atentamente os seguintes conselhos, que o ajudarão a dormir melhor.

Estes são os hábitos de sono que o vão ajudar a dormir melhor

1- Não poupe no seu equipamento de descanso

Normalmente, investimos na casa dos nossos sonhos, no melhor dos automóveis, e tentamos comer nos melhores restaurantes. Então, por que não desfrutar do colchão de maior qualidade no mercado? Existem inúmeras razões pelas quais devemos investir no nosso equipamento de descanso. Procure o modelo que melhor se adapte às suas necessidades, controle os níveis de transpirabilidade, firmeza ou adaptabilidade. Escolha o material de que mais gosta (viscoelástica, látex, molas…), e não se esqueça da importância dos seus benefícios hipoalergénicos: os ácaros, o mofo, e outras substâncias não ajudam a adormecer. Ah! E complemente tudo isso com uma almofada de qualidade, e uma base que suporte na perfeição o seu colchão. Que tal uma base forrada, ou um sommier rebatível?

2- Crie o melhor ambiente no seu quarto

Após instaurar os alicerces mais fortes do descanso (dispor da melhor cama possível), podemos seguir melhorando a nossa rotina de sono. Por exemplo, continuando com aclimatar na perfeição o nosso quarto. Faça do seu dormitório um habitat idóneo para o sono, fixando a temperatura nos 22º recomendados, isolando-a de qualquer tipo de ruído, e controlando a iluminação artificial. Além disso, pode ajudar se pintar as paredes com tons suaves.

3 – Afaste-se dos dispositivos eletrónicos

De pouco servirá contar com o melhor colchão e a temperatura mais adequada para o descanso, se nos deitarmos com o telemóvel nas mãos. Está cientificamente demonstrada a má influência da luz dos écrans na nossa higiene de sono. Por isso, não só deveria evitar a entrada de aparelhos eletrónicos no seu quarto, mas também deveríamos reduzir o seu consumo durante as últimas horas do dia.

4 – Mantenha uma dieta sã e equilibrada

Seguindo com uma certa ordem piramidal, e tendo estabelecido já o clima e o entorno, temos que colocar o foco na nossa saúde. Manter uma dieta rica, sã e equilibrada, com muita presença de verduras e fruta, vai-nos ajudar a adormecer, e também na nossa higiene do sono. Mas, além disso, devemos evitar os jantares abundantes, que provoquem enfartamento e/ou acidez estomacal, o que nos levará a dar voltas e mais voltas na cama.

5 – Evite o consumo de tabaco e álcool (e reduza a cafeína)

Falando de dietas e do que comer ou não, é óbvio pensar que o consumo de tabaco e de álcool não nos vai ajudar a dormir como devemos. Ainda que estabeleçamos uma conexão entre o consumo de álcool e o fato de ter sono, a realidade é que, após esse primeiro impacto de maior sonolência, o álcool piora a qualidade do sono. Algo que sucede também com o tabaco. Por outra parte, o ideal é limitar o café às primeiras horas da manhã, e o típico de depois de almoço. Tente não beber mais nenhum depois das 4 da tarde.

6 – Seja regular nos seus horários, e estabeleça uma série de rotinas

Ainda que seja recomendável não permanecer na cama se não consegue dormir, por outro lado, também é importante ser regular nos horários. Quer dizer, deite-se e levante-se todos os dias à mesma hora.  Inclusive aos fins de semana, o ideal é não alterar demasiado estes horários, e não se deixar levar pela ausência do despertador. E tal como sucede com os horários, manter uma rotina antes de ir dormir vai ajudar a adormecer: ler um pouco, escovar os dentes, tomar um duche de água morna, beber um copo de leite ou uma infusão…

 7 – Controle e limite as sestas

É possível que disponha de um tipo de trabalho com horário dividido, o que lhe permite estar em casa na hora de almoço. Em qualquer dos dois casos, possivelmente caia na tentação de fazer uma sesta. Está bem. É uma atividade sã e prazerosa, sempre e quando não ultrapassemos os limites. Qualquer sesta que implique dormir horas, e vestirmos o pijama, vai levar-nos às insónias noturnas. A sesta perfeita? Aquela que não exceda os 30 minutos recomendados.