Tonturas pela manhã: ¡Não estou grávida!

Jun 19, 2021 | MATERNIDADE, MULHER, SAÚDE

São muitas as pessoas que, dia após dia, se despertam e sentem algum tipo de mal-estar, dor, ou incómodo que as perturba. Frequentemente, este mal-estar manifesta-se sob a forma de tonturas, que podem ter diversas origens.

Ainda assim, muitas mulheres podem ver-se confundidas ao sentir estas tonturas pela manhã, dado que uma das suas causas poderia ser a gravidez. É que um dos sintomas que provocam as alterações hormonais que se produzem durante este processo são as tonturas nada mais levantar-se, junto com os enjoos.

O que são as tonturas?

O termo “tontura” diz referência a uma ampla gama de sensações, como instabilidade, debilidade, desfalecimento ou aturdimento. Trata-se de uma das causas mais habituais pelas quais os adultos visitam o médico, e podem afetar consideravelmente o nosso dia a dia, especialmente quando as tonturas são frequentes.  Ainda assim, as tonturas raramente são sinal de um transtorno grave, que possa comprometer a nossa saúde em excesso.

Os sintomas habituais que surgem com as tonturas costumam ser:

  • Perda de equilíbrio ou instabilidade.
  • Falsa sensação de movimento (vertigem).
  • Sensação de estar a flutuar no ar, com a cabeça pesada ou atordoada.
  • Sensação de desmaio ou aturdimento.

As tonturas pelas manhãs durante a gravidez

Se está grávida ou esteve anteriormente, saberá que um dos sintomas comuns da gravidez é precisamente sentir-se tonta, especialmente pela manhã. Mas, ¿porque ocorrem?

Ao que parece, estas tonturas poderiam ter algo que ver com as mudanças que se produzem no fluxo de sangue durante este processo, com o objetivo de manter o bebé. O volume de sangue no organismo aumenta até um 40 a 50 por cento e, para compensar, o coração aumenta as pulsações e bombeia mais sangue por minuto. Isto faz com que os vasos sanguíneos se dilatem e a pressão arterial baixe.

Em geral, o sistema cardiovascular adapta-se a estas mudanças. Porém, podem dar-se momentos pontuais em que o organismo não consegue adaptar-se suficientemente rápido, e isto pode causar uma sensação de tontura na mulher grávida. Em casos extremos, esta sensação também pode derivar em um desmaio, ainda que não seja habitual.

E se não estou grávida? Outras causas das tonturas pelas manhãs

Como podemos ver, as tonturas pela manhã são algo que pode ocorrer com frequência durante a gravidez. Mas, ¿o que acontece se sabemos que efetivamente não estamos grávidas e, ainda assim, sofremos destas tonturas de vez em quando, ou até diariamente? Existem outras causas possíveis que podem provocar estas tonturas.

Tontura cervicogênica

Um tipo de tontura que pode dar-se frequentemente pela manhã é a tontura cervicogênica. Esta produz-se por culpa de uma disfunção da parte da coluna das cervicais, e pode provocar dores de cabeça e instabilidade. Isto é o que normalmente se conhece como tonturas cervicais, para as quais se recomendam as almofadas cervicais.

Tonturas por problemas de circulação

Algumas pessoas sofrem de problemas de circulação, que podem levar a que se sintam débeis e sofram de tonturas ou desequilíbrios. Estes podem ser:

  • Uma má circulação sanguínea. Os transtornos como a arritmia, acidente isquémico transitório, cardiomiopatia e outras enfermidades cardiovasculares podem levar a uma má circulação sanguínea. Além disso, uma diminuição do volume de sangue pode provocar um fluxo sanguíneo inadequado na direção do ouvido interno ou do cérebro.
  • Descidas da pressão arterial. As descidas bruscas na pressão arterial podem causar sensação de debilidade, ou um aturdimento breve. Podem ocorrer ao levantar-se demasiado rápido, por exemplo.

Tonturas devido a problemas no ouvido interno

O ouvido interno alberga sensores que ajudam a detetar o movimento para a frente e para trás, assim como a gravidade. Quando se dão transtornos nesta parte do nosso organismo, podemos sofrer de vertigens: uma sensação falsa de que tudo à nossa volta está em movimento ou a girar. É um tipo de tontura que se produz enquanto o cérebro trabalha para ordenar a desorientação. Podem ocorrer devido a várias razões:

  • Enxaqueca. Aquelas pessoas que sofrem de enxaquecas frequentemente sofrem também episódios de vertigens ou outros tipos de tonturas. Estas podem durar de minutos a horas, e podem estar relacionadas com a sensibilidade à luz e ao ruído, e com as dores de cabeça.
  • Infeção. Uma infeção viral do nervo vestibular (neurite vestibular) pode causar vertigens intensas e constantes.
  • Vertigem postural paroxística benigna. Este transtorno causa uma sensação breve e intensa, apesar de falsa, de estar a girar ou a mover-se. Estes episódios são desencadeados por uma mudança rápida do movimento da cabeça, como quando damos uma volta na cama.

Outras causas das tonturas pelas manhãs

Além das causas que já mencionamos, podem existir outras causas para as tonturas pelas manhãs, que não tenham a ver com a gravidez. Algumas delas poderiam ser:

  • Baixas concentrações de ferro no sangue (anemia). A anemia pode causar estas tonturas pelas manhãs, além de debilidade, palidez e fadiga.
  • Medicamentos. As tonturas também podem ser um efeito secundário de alguns medicamentos, como os antidepressivos, os tranquilizantes ou os sedativos. Em particular, os medicamentos para baixar a pressão arterial poderiam causar desmaios, se diminuem demasiado a pressão arterial.
  • Condições neurológicas: outra causa das tonturas pelas manhãs poderia ser devido a sofrer de algum transtorno neurológico, como a esclerose múltipla, ou a doença de Parkinson.
  • Nível baixo de glucose no sangue (hipoglicemia): normalmente ocorre naquelas pessoas que sofrem de diabetes. Nesta enfermidade, as tonturas poderiam ser acompanhadas por ansiedade e sudação.
  • Transtornos de ansiedade: a ansiedade também poderia causar aturdimento e tonturas. Por exemplo, podem dar-se nos ataques de pânico.
  • Hipertermia e desidratação: num clima caloroso ou em escassez de líquidos é provável que apareçam as tonturas.

Como vê, existem muitas causas possíveis pelas quais podemos sentir tonturas pelas manhãs. Se é certo que a gravidez é uma das possíveis causas destas tonturas, o certo é que existe um amplo rol de causas pelas quais isto poderia ocorrer. Em qualquer caso, ainda que possa não resultar em algo grave, recomendamos consultar um médico, se estas tonturas aparecem de forma recorrente.