Problemas de dormir em casal

Dez 8, 2019 | ACONSELHAMOS-TE, CASAL

Partilhar uma cama com o nosso parceiro é um costume enraizado na sociedade ocidental. Mas dormir juntos nem sempre é tão idílico como parece. Na verdade, existem vários problemas que podem surgir ao dormir com nosso parceiro na mesma cama. Tanto assim que especialistas em sono como Neil Stanley dizem que, em um casal, se apenas uma festa não conseguir dormir o suficiente, isso pode afetar negativamente seu relacionamento no dia seguinte. Ele também diz que as pessoas com problemas de sono têm uma maior taxa de divórcios.

Aqui estão as razões mais comuns pelas quais os casais podem ter dificuldade em dormir juntos.

PROBLEMAS DE DORMIR EM CASAL

Horários e rotinas diferentes

Ter rotinas e/ou horários diferentes é uma das razões pelas quais dormir juntos pode ser difícil. A incompatibilidade de horários por motivos de trabalho ou não ter exatamente o mesmo hábito antes de dormir (como ver televisão ou ler um livro) pode causar desconforto na conciliação do sono de um ou ambos os dormentes.

Ressonar

O ronco é um dos problemas mais comuns de dormir com um parceiro e causa de discussões, falta de descanso e mudanças de temperamento tanto para o afectado como para o outro dorminhoco que o sofre. Atualmente pode ser tratada com dispositivos intrabucais que produzem um avanço discreto da mandíbula, muito semelhante ao utilizado em casos de apneia.

Movimentos e mudanças de posição

Fazer muitos movimentos e mudar de posição na cama pode ser bastante desconfortável para o outro dorminhoco. Eles podem ser pontuais, mas se esses movimentos se tornarem frequentes e rotineiros, isso pode ser um sinal de síndrome das pernas inquietas. De acordo com o Instituto do Sono, é uma doença neurológica que produz uma necessidade imperativa de mover as pernas quando estamos em repouso, especialmente durante o sono. “Os antidepressivos, anti-histamínicos ou medicamentos para dormir, acentuar ou precipitar a síndrome das pernas inquietas” explica o neurologista Diego García-Borreguero.

O espaço da cama

Não ter espaço suficiente e ter um dos dois a ocupar mais espaço na cama é a eterna batalha da noite. Este problema é muitas vezes devido ao fato de que o tamanho da cama não se adapta às nossas necessidades como um casal, sendo muito estreita e muito pequena. Por essa razão, no Maxcolchon temos disponível uma grande variedade de colchões em todos os tamanhos (incluindo o King Size), no caso em que o que procuramos é uma cama mais larga.

Por outro lado, os colchões duplos são concebidos para oferecer independência aos casais que preferem dormir em colchões diferentes, mas não querem renunciar aos benefícios de dormir em casal. Dois colchões individuais que se encaixam como uma cama de casal e são unidos com um zíper especial que simula um único colchão pode ser a solução para o problema do movimento que ocorre de um lado da cama para o outro, bem como o problema da falta de espaço.

Se procura um tamanho específico e não o encontra, consulte a nossa equipa de profissionais: temos a capacidade de personalizar as medidas do colchão como solicitado.

Sofrer com o calor

No caso de pessoas quentes, dormir com o casal pode tornar-se complicado, especialmente em épocas como o verão. Neste caso, o melhor para estas pessoas quentes é comprar um colchão altamente respirável, que promove a circulação do ar e evita a acumulação de calor no colchão.

Se dormir com um parceiro está causando problemas no seu relacionamento, não tenha medo de tentar novas soluções. De que espera para melhorar o seu descanso como casal?