É bom dormir num sofá?

Out 20, 2021 | INFORMAMOS-TE | 0 comments

Há uma imagem de marca muito característica e muito marcada na nossa cultura: uma pessoa a dormir uma sesta no sofá, com a televisão como ruído de fundo, e algo a passar na TV. Esta imagem, por muito repetida que seja, possivelmente tem mais desvantagens que benefícios. Se é bom ou não dormir no sofá, é algo que é melhor detalhar e avaliar.

Quais são as desvantagens de dormir no sofá?

Existem tantas formas de dormir, como pessoas no planeta. Desde as diferenças que podem existir com as almofadas e as suas dimensões, às posturas mais típicas. Barriga para baixo, de lado, barriga para cima, até com um travesseiro entre as pernas. E se nos referimos às camas, podemos encontrar colchões de diferentes confeções (látex, viscoelástica, molas…), que proporcionam tipos de descanso muito diferentes.

Como pode ver, apenas com a informação do parágrafo anterior, já se podem gerar milhares e milhares de formas de dormir. Mas, o que acontece quando entra em jogo o sofá? É realmente tão mau como dizem alguns especialistas? Dormir pontualmente no sofá pode piorar a nossa saúde? Partindo do princípio de que os sofás estão desenhados para nos manter relaxados, mas levantados, estes são os problemas que nos podem causar.

Problemas físicos nas costas, no pescoço, na coluna vertebral, e incluso nas pernas

Quantas vezes já ficou dormido no sofá, e se despertou tenso, com dor de costas, ou dor de pescoço? Quer seja numa sesta vespertina, ou porque adormeceu pela noite a ver um filme, o normal é que acorde desta situação com uma dor no pescoço, ou incluso com um nervo comprimido.

Obviamente, qualquer destas moléstias físicas foi provocada pela postura em que dormiu. Uma postura que veio determinada pelo feito de dormir num sofá. Um elemento que não está concebido originalmente para dar descanso às pessoas.

É bom dormir num sofá?

Se é certo que, ao ser um feito pontual, perderá essa dor ou tensão dos nervos ao longo do dia, o hábito diário de dormir num sofá, acabará por provocar problemas físicos severos na sua coluna vertebral, na lombar, e no pescoço.

Mas não só a coluna ou o pescoço podem ser prejudicados. Ainda que lhe pareça estranho, as pernas podem encontrar problemas, se tem a tendência a dormir no sofá. A explicação está no fato de que estas extremidades podem passar a noite numa postura incómoda. Por exemplo, que fiquem penduradas, provocando dormência, formigueiro, ou má circulação do sangue.

Em conclusão, deve saber que não acontece nada se algum dia adormece no sofá, mas apenas uma cama lhe irá oferecer o suporte de que necessita, quer na coluna, como no pescoço.

Oferece má qualidade de sono

Se não nos focarmos apenas no dano físico que pode originar o feito de dormir continuadamente no sofá, encontramos um problema muito mais imediato: má qualidade de sono.

Tão simples como isso, dormir no sofá é sinónimo de sofrer mais despertares ao longo da noite. Fatores como o seu próprio design, o ter deixado a televisão ligada, ou o feito de que certamente não tenha baixado a persiana da sala, podem provocar mais interrupções no seu sono.

E, regressando ao detalhe da televisão, a sua iluminação afeta o sono de variadas maneiras. Desde uma pior fase REM, que cause pesadelos, à facilidade para sofrer micro-despertares. Como já lhe comentamos em mais ocasiões, é importante afastar qualquer dispositivo eletrónico do lugar onde dormimos. E no sofá é mais fácil ainda encontrar por perto todos esses dispositivos eletrónicos.