Dor nas pernas: Porque as sente e como lutar contra

Mar 4, 2021 | ACONSELHAMOS-TE, SAÚDE

No momento de dormir, são muitas as pessoas que têm dificuldade em adormecer adequadamente. Um exemplo é o das pessoas que sofrem de dores nas pernas, um problema comum que afeta uma parte da população que, por causa disso, não consegue descansar com comodamente.

Ainda que às vezes a dor nas pernas possa ser inexplicável, a verdade é que este desconforto pode ter uma infinidade de causas diferentes. Na verdade, existem muitas patologias que se manifestam através das dores nas pernas.

Causas das dores nas pernas

A maioria das dores nas pernas surge como resultado de desgaste, sobrecarga ou lesão das articulações ou ossos, músculos, ligamentos, tendões ou outros tecidos moles. Além disso, as dores nas pernas também podem causar coágulos sanguíneos, má circulação ou varizes.

Embora existam muitas patologias que podem estar relacionadas com as dores nas pernas, a seguir mostramos as causas mais comuns do aparecimento de dor nas pernas:

Retenção de líquidos

O edema, popularmente conhecido como retenção de líquidos, é definido como uma acumulação excessiva de líquidos nos tecidos. As suas causas são muito variadas, entre as quais podemos encontrar problemas de circulação, doenças renais, insuficiência cardíaca congestiva ou doenças hepáticas.

Sendo que esta patologia provoca inchaço nas pernas, facilmente se traduz em dor que impede quem a sofre de um descanso de qualidade e adaptado às necessidades de cada um.

Lesões leves nas pernas

Às vezes podemos sofrer lesões que não consideramos importantes ou que nem nos apercebemos (como o golpe típico contra o canto da mesa que se transforma num hematoma que não esperávamos).

A fadiga muscular, inflamação dos tendões ou fissuras numa pequena área de um osso são as mais comuns.

Síndrome das pernas inquietas

A síndrome das pernas inquietas é uma condição que causa uma necessidade incontrolável de mover as pernas, geralmente devido a uma sensação de desconforto. Geralmente ocorre com mais frequência à tarde ou à noite, quando você está sentado ou deitado. Como o movimento geralmente alivia essa sensação, mesmo que temporariamente, ir dormir pode ser um desafio para quem sofre desta síndrome.

Cãibras nos músculos

As cãibras musculares podem ser consequência de várias deficiências da saúde e podem ser muito incómodas. Especificamente, a carência de potássio em níveis adequados no sangue ou a desidratação devido ao consumo insuficiente de água são causas comuns para o aparecimento destas cãibras que dificultam um bom descanso.

Embora as causas que descrevemos acima sejam as mais comuns, existem outras patologias que podem causar dores nas pernas.

Como aliviar a dor nas pernas ao dormir

Em todo caso, embora cada patologia tenha o seu próprio tratamento, existem alguns exercícios que podem ser realizados para aliviar este desconforto no momento de dormir.

  • Massagens com óleos naturai Massagens com óleos naturais depois do banho ou antes de dormir podem ser úteis para tentar aliviar a dor nas pernas ao ir para a cama.
  • Aplicar g A aplicação de gelo nas áreas onde aparecem as dores nas pernas costuma ser um bom remédio para reduzir o desconforto.
  • Manter um estilo de vida Um dos remédios mais úteis para reduzir a dor durante a noite é manter uma vida ativa. Ou seja, mantendo as pernas exercitadas, fortalecendo os músculos, ossos e tendões.

Em qualquer caso, e embora saibamos que muitas vezes é difícil lidar com as dores nas pernas, é sempre de grande ajuda ter um bom colchão que nos ofereça o conforto necessário para descansar adequadamente todas as noites. Existem muitos modelos que podemos escolher, mas se o que procuramos é um colchão para aliviar as nossas dores é importante que tenha um núcleo firme e uma boa camada viscoelástica que forneça o melhor suporte possível para o nosso corpo e as nossas pernas.

Se sofre de uma patologia específica que causa outras dores musculares além da dor nas pernas, então também pode ser uma boa ideia ter um topper: uma camada superior que é colocada em cima do colchão para o adaptar às suas necessidades. Esta pode ser uma ótima opção se não quiser trocar de colchão. Em qualquer caso, se tiver alguma questão, não hesite em nos contactar! Teremos o maior prazer em o atender.