Diga como dorme e diremos que tipo de relação tem

Abr 7, 2020 | INFORMAMOS-TE

A posição do corpo na hora de dormir pode revelar segredos sobre o caráter, a personalidade e o estado de uma relação amorosa. A nossa linguagem corporal nos fornece pistas que podemos interpretar sobre a situação que uma relação pode estar passando, e é por isso que contato, proximidade ou posição e posturas nos revelam informações.

Posições mais comuns

Dormir de costas com costas e contacto físico

Os casais que estão habituados a dormir nesta posição geralmente reflectem confiança um no outro e respeito pelo espaço individual, sem perder o contacto. Esta dinâmica pode refletir que o casal administra a relação sem grande dependência, como iguais. Estima-se que cerca de 18% dos casais utilizam esta posição na sua vida quotidiana.

Dormir de costas com costas e separados

Esta posição não precisa ser um indicador de que algo está errado em um relacionamento. Além disso, dormir na mesma cama, sem contato, pode fazer notar que o casal está conectado e confiante. É por isso que esta posição pode demonstrar proximidade e independência. É uma posição com grande liberdade e é utilizada por 28% dos casais.

Dormir em conchinha

A posição do casal seguinte é uma das mais tradicionais quando se dorme, em que um está atrás do outro, abraçando-o por trás. Esta forma de dormir revela um grande grau de união até mesmo de atração sexual no casal. Embora seja confortável e quente, é uma posição que denota a proteção de um dos membros em relação ao outro. Além disso, dependerá sempre de cada relacionamento, até que ponto se sentem confortáveis e seguros desta forma.

Dormir abraçados e de frente

Esta posição é muito comum em novos casais durante os primeiros períodos da relação. Também é usado frequentemente após relacionamentos íntimos, pois esta posição pode evocar um amor renovado e vibrante. O contacto físico durante o sono é muitas vezes um indicador positivo do estado de uma relação.

Começar por dormir juntos mas separar-se depois

É comum que muitos casais entrem juntos na cama e se deitem cara a cara ou com as pernas entrelaçadas. Depois disso e após pelo menos 10 minutos, muitos casais acabam se separando e dormindo cada um confortavelmente e independentemente. Isto poderia ser lido como um compromisso entre intimidade e independência, permitindo o melhor de ambos os mundos. Além disso, esta forma de sono utilizada em muitos relacionamentos pode denotar afeto, confiança e independência.

Cada um no seu espaço mas mantendo contacto fisico

Esta posição de sono pode muitas vezes ocorrer em relacionamentos mais casuais. Por outro lado, a postura corporal também pode indicar que cada pessoa respeita o espaço do outro. Também poderíamos interpretar isto como um casal sem problemas em ter amigos e atividades separadas, porque prevalece a confiança mútua entre eles. Finalmente podemos interpretar que o contacto físico de uma forma leve, com uma mão ou um pé, pode revelar que existe uma intenção de proteger mas sem exagero ou posse.

Posição de super-herói

Esta posição usada na hora de dormir ocorre quando um dos dorminhocos assume uma grande parte da cama. Quando ele se encontra deitado numa posição de estrela do mar, acaba por encurralar o seu parceiro. É por isso que envolve um grau de diferenciação de papéis de poder e uma forma desigual de distribuir o espaço da cama.

Concluindo, por mais que durmamos, devemos dormir de forma a não perturbar ou interromper continuamente o sono um do outro. O tempo que passamos dormindo com o nosso parceiro, mesmo que não estejamos conscientes, é muito importante. E finalmente, como um conselho: ao dormir como casal e ao partilhar a cama, é aconselhável não partilhar uma almofada. Que cada um tenha a sua almofada é melhor para a posição corporal e para os nossos cervicais.