Como dormir quando tem dor de cabeça

Set 2, 2021 | ACONSELHAMOS-TE, SAÚDE | 0 comments

É bastante habitual que determinadas pessoas possam sofrer dores de cabeça durante a noite, ou incluso no sono. Motivadas por cefaleias em salva, enxaquecas, ou cefaleias hípnicas, dormir quando tem dor de cabeça pode ser um suplício. Dependendo da frequência e intensidade, essa dor aguda na cabeça seguramente não lhe vai trazer uma coisa, que é sono. Mas, ¿por que nos sucede isto? E, sobretudo, ¿como podemos combatê-lo?

As diferentes causas que provocam dor de cabeça noturna

Como dizíamos mais acima, existem três grandes causas que nos podem provocar essa temida e molesta dor de cabeça durante a noite:

Enxaquecas

Segundo dados da Sociedade Espanhola de Neurologia (SEN), a enxaqueca afeta já em Espanha a mais de 5 milhões de pessoas. Uma enfermidade que afeta de modo diferente a cada pessoa e que, na sua máxima gravidade, pode ser uma das causas da privação de sono REM. Em qualquer caso, falamos da intensa dor de cabeça (entre outros sintomas), que pode afetar o sono, já que tanto a própria enxaqueca, como o sono, começam no tronco do encéfalo, e estendem-se pelo tálamo, o hipotálamo, e o córtex.

Cefaleia em salvas

Este tipo de dor de cabeça costuma ocorrer em diferentes padrões cíclicos (daí a designação de salvas, que significa também “em série”). Caracterizam-se pelas dores intensas nos olhos, e/ou nos lados da cabeça. Podem derivar em congestão nasal, lacrimejar, e gotejar de uma das duas fossas nasais, dependendo sempre do lado que esteja a sofrer o mal-estar.

Cefaleia do despertador (Cefaleia hípnica)

Também conhecidas como cefaleias hípnicas, são as cefaleias menos frequentes que começam durante o sono. Ainda que costumem aparecer depois de cumprir os 50 anos, as cefaleias hípnicas são as encarregadas de despertar a quem as sofre à mesma hora, durante todas as noites, incluindo durante as sestas.

Como posso lutar contra estas dores, e ao mesmo tempo adormecer?

Obviamente, tanto no caso das enxaquecas, como no caso dos dois tipos de cefaleias, falamos de doenças que precisam de consulta médica e, seguramente, sua correspondente medicação para as combater.

Para além das receitas dos especialistas, cumprir com certa rotina, alcançar uma correta higiene do sono, e levar uma vida sã, pode ajudar-nos a dormir pela noite, apesar destas molestas dores de cabeça:

Tenha uma rotina de sono

Para poder desconectar dos problemas, das ansiedades, e esquecermos essa dor de cabeça, é importante começar pelos alicerces do sono: a rotina.

Para acalmar a mente e relaxar o corpo, será vital reduzir os níveis de stress, através de uma rotina do sono. Para isso, podemos apoiar-nos em pequenos hábitos tão quotidianos, como os seguintes: deitarmo-nos sempre à mesma hora, tomar um banho de água morna antes de dormir, desconectar do telemóvel e outros dispositivos eletrónicos, não consultar nada do trabalho, tomar uma infusão de ervas, ver algum filme ligeiro, ou em tom de comédia, ler um livro… Veja bem, existem passos para todo o tipo de pessoas. Apenas tem que encontrar o que mais gosta, e fazê-lo todas as noites.

Descanse no melhor equipamento possível (e dormir na posição correta)

Existem ocasiões nas quais estas dores de cabeça não são motivadas por enxaquecas ou cefaleias, mas sim porque estamos dormindo sobre um colchão que tem mais de uma década, ou utilizando uma almofada cujo toque e firmeza se assemelham mais a uma pedra.

Nada melhor do que apoiar o seu descanso num colchão viscoelástico, de látex, ou espuma, que entregue os níveis adequados de firmeza, transpirabilidade e adaptabilidade. E acompanhá-lo com uma boa base, e uma almofada que facilite a posição correta para dormir: de lado.

Faça com que o seu quarto disponha do ambiente adequado

Os sintomas e a intensidade da enxaqueca podem ver-se potenciados pela contaminação pela luz. Um excesso de luz no seu quarto enquanto dorme não é sinónimo do melhor descanso, assim que deve evitar todo o tipo de luzes, e procurar sempre a escuridão. Além disso, reduza os ruídos, baixe a persiana, afaste os dispositivos eletrónicos do quarto, e controle a temperatura, até alcançar os 22 graus recomendados.

Controle o que come

Consumir alimentos com muita gordura e com muito açúcar não lhe vão trazer nada de bom. Inclusive, para as suas dores de cabeça noturnas. E nem será necessário dizer que se bebe álcool, ou abusa da cafeína, poderá ter maior intensidade nas suas enxaquecas. O ideal é manter diariamente uma dieta equilibrada, e beber muita água, para controlar as dores de cabeça.