Como criar uma cama Montessori para os seus filhos

Jan 3, 2021 | ACONSELHAMOS-TE, CRIANÇAS

Conhecemo-las como camas Montessori, embora a verdadeira aplicação do termo fosse mais virada para o batismo do quarto. E é que, os quartos Montessori, revolucionaram tanto a educação dos filhos quanto o design dos quartos dos menores da casa.

Baseados em três princípios fundamentais como beleza, simplicidade e ordem, os pais que se orientam por esta forma revolucionária de educação e design garantem que os seus filhos tenham quartos minimalistas, cuja divisão do espaço ajuda e estimula a aquisição de valores académicos , sociais e pessoais. E, obviamente, dentro desta divisão tão especial onde a luz natural e a maximização do espaço se tornam elementos tão importantes, em que ponto fica a cama? Em que medida adquire valor capital na corrente pedagógica? E a questão principal, como podemos montar uma cama Montessori para os nossos filhos?

Anatomía das camas Montessori: a sua criação e sua importância no crescimento das crianças

Um dos fatores que procura a filosofia inventada pela pedagoga italiana María Montessori é a promoção da independência total das crianças. Deixe que eles criem sua personalidade através de um mundo que deve começar no seu próprio quarto. Para isso, os quartos estão divididos de forma característica em que cada recanto adquire conotações diferentes, a ponto de limitar o seu espaço com um objetivo muito específico: determinar os espaços de leitura, de brincar, de criar e, claro, para descanso.

Para conseguir essa divisão peculiar, o quarto deve ser mobilado com poucos móveis. O objetivo desta premissa? Consiga um espaço aberto que permita a livre circulação e movimento dos mais pequenos, promovendo ao mesmo tempo a sua independência.

É neste ponto que a cama entra em ação. Como uma das partes fundamentais e protagonista daquela a que se chama de zona de descanso, a sua composição tem de facilitar a entrada e saída da cama dos mais pequenos sem qualquer ajuda. Ou seja, como pais, vamos ter que lhes proporcionar uma cama baixa que dê a sensação de estarmos localizados quase no nível do solo. Uma cama que, independentemente da idade dos filhos, possa ser livre para se deitar ou levantar sozinhos. E porque não? Uma cama que ajudará os próprios pais a dormirem com a tranquilidade de saber que seus filhos nunca vão cair da cama, basicamente porque não há altura suficiente para isso.

Para oferecer este tipo de cama Montessori, devemos começar estabelecendo uma base de acordo com a altura (ou ausência de altura) recomendada. Portanto, nada melhor do que apostar por esses colchões ou bases forradas que não necessitam de nenhum tipo de instalação de pernas e que, além disso, permitem que o colchão proporcione aquela sensação de estar no chão. Resumindo, a estrutura da cama perfeita para a cama Montessori começa com um sommier fixo sem pernas.

Continuando com a composição da cama Montessori perfeita, a recomendação que damos na Maxcolchon é apostar pelo modelo Chipre. Para ir de encontro aos requisitos pedagógicos promovidos por esta tendência educativa para crianças, os colchões Chipre apresentam uma série de vantagens onde o nível de firmeza facilita o correto alinhamento das costas dos mais pequenos, bem como o seu material viscoelástico com o que é composto, garantirá o conforto e segurança necessários. Este último ponto será de grande importância visto que o facto de colocar o colchão a um nível tão reduzido, o tratamento antibacteriano Eco-Fresche com que é fabricado, evitará o aparecimento de pó, bactérias ou bolores.

Estas são as diferentes áreas nas quais a filosofia Montessori divide os quartos das crianças

Zona de leitura

Selecione alguns livros cujas capas possam chamar a atenção das crianças. O objetivo é que eles próprios os escolham para ler.

Zona criativa

Uma mesa, uma cadeira e o complemento de objetos ordenados que ajudem a estimular os mais pequenos.

Zona de jogo

Não deve ser confundido com a zona criativa. Coloque as prateleiras à altura das crianças. Eles próprios vão ser os únicos a aproximar-se e escolher os objetos ou brinquedos com os quais passar o tempo. Além disso, este tipo de posicionamento incentiva-os a colocá-los de volta no lugar mais tarde. Eles vão brincar, mas ao mesmo tempo compreendem valores como ordem e limpeza.

Zona de descanso

Como já dissemos, a cama será colocada quase no nível do solo para que seja mais fácil para a criança levantar-se e deitar-se sozinha.