Benefícios de tomar banho no mar no inverno

Jan 15, 2022 | Uncategorized | 0 comments

Há quem não aguente minimamente com o frio, ou consiga aguentar com qualquer temperatura extrema. Outros seriam capazes até de tomar banho no mar no inverno. E você? A que grupo pertence?

Parece que o segundo grupo de pessoas poderia obter benefícios da sua grande resistência ao frio. É que, aparentemente, tomar banho no mar no inverno poderia ter até benefícios para a saúde.

Tomar banho no mar no inverno

A natação em água fria (quer seja no inverno ou no gelo), tem uma longa tradição, sobretudo nos países do Norte. Em concreto, esta natação em água fria leva-se a cabo com normalidade em países como a Finlândia, Polónia, Rússia, Noruega ou Letónia, entre outros. Em concreto, na Europa de Leste e na Rússia, a natação de inverno é parte da celebração de Ano Novo.

Recentemente, esta prática tem vindo a ganhar popularidade como uma competição. De fato, segundo um estudo publicado em 2020, desde 2009 que se celebram competições oficiais de natação sobre gelo. Atualmente, podemos encontrar competições oficiais de natação de gelo ou de inverno em várias distâncias, a nível nacional e internacional. O mais curioso sobre isto é que os nadadores não nadam com fatos ou outras proteções térmicas, mas sim com calções de banho normais.

Efeitos e benefícios de tomar banho no mar no inverno

Nadar em água fria é uma condição fisiológica muito stressante, na qual todo o corpo está exposto à água gelada. No entanto, obviamente, não é igual, caso se dedique a isto de forma habitual. Os nadadores que estão habituados a nadar em água gelada, através da exposição crónica ao ambiente de água fria, podem alcançar diferentes graus de adaptação ao frio. Em qualquer caso, tem este tipo de desporto benefícios para a sua saúde? Ou pode ter efeitos nocivos?

Benefícios de tomar banho em água fria

Parece que, segundo nos indicam os investigadores, banhar-se em água fria regularmente poderia ter um efeito positivo em vários sistemas: no sistema cardiovascular, no sistema imunológico, no sistema endócrino, e na psique.

Tomar banho no mar no inverno

Mais concretamente, já se teve oportunidade de observar que tomar banho em água fria de forma regular poderia ter efeitos na redução da pressão arterial, e sobre o metabolismo da insulina, uma hormona encarregada de regular o nível de açúcar no sangue.

No que diz respeito ao sistema imunológico, parece que aquelas pessoas que estão acostumadas a nadar em água fria de forma regular sofrem menos doenças, e mais leves. Ao que parece, o stress fisiológico a curto prazo, como a exposição ao frio, poderia preparar o sistema imunológico para combater as doenças.

Além do mais, também se demonstrou que nadar em água gelada tem um efeito positivo no lado mental dos seres humanos, e pode até ser antidepressivo, segundo indicam alguns investigadores.

Possíveis efeitos nocivos de tomar banho em água fria

Ao que parece, segundo indicam as investigações ao respeito, a natação em água fria pode aumentar a tolerância aos fatores de stress e causar endurecimento. Em concreto, parece que, quando a natação em água fria é praticada por pessoas com boa saúde geral de forma regular, graduada (segundo a temporada) e ajustada, pode ser benéfica para a saúde em certos sentidos.

Porém, também é verdade que, se não se está familiarizado com esta prática, ou se a pessoa em questão não se adapta adequadamente à água fria, existe um risco de morte, devido à resposta inicial de choque de frio neurogénico, ou a uma diminuição progressiva na eficácia da natação ou hipotermia progressiva.

Além do mais, nadar em água gelada também se tem visto relacionado com problemas pulmonares. Segundo parece, o desenvolvimento do edema pulmonar é o problema mais comum. Uma revisão sistemática mostrou que existe uma conexão entre a temperatura da água e o aparecimento de um edema pulmonar induzido pela natação.

É por isso que tomar banho no mar no inverno é algo que se recomenda fazer com extremo cuidado. O mais importante é a saúde, pelo que, se sofre de algum tipo de problema cardiovascular, respiratório, ou simplesmente crónico, o melhor será que consulte com o seu médico antes de dar esse mergulho. Por muito que goste da água fria!