As possíveis causas das náuseas ao despertar

Nov 30, 2021 | PERTURBAÇOES DO SONO, SAÚDE | 0 comments

Segundo dados publicados após o estudo realizado pela Associação Americana de Gastroenterologia, até 2,2% da população adulta sofre de náuseas ao despertar. Um problema que se disfarça de sintoma, e que pode ser sinónimo de uma enfermidade maior. Por que é que isto acontece?

Em que consistem as náuseas matutinas?

As mudanças na dieta, determinados tratamentos médicos, os esvaziamentos gástricos retardados… Muitos, e muito diferentes, podem ser os motivos que provocam essa sensação tão desagradável que nos faz querer vomitar. Sucede pela manhã, nada mais despertar, e é um efeito localizado no epigástrio, ou na garganta. Considerado um sintoma de algo mais, as náuseas matutinas costumam esconder uma enfermidade relacionada com o aparelho digestivo, e vêm acompanhadas de dor de estômago, falta de apetite, e sensação de cansaço.

Ainda que cada pessoa as possa sentir de uma maneira, e não se possam definir de uma forma fixa, em geral as náuseas são bastante incómodas e, em certas ocasiões, dolorosas. A sua origem está na parte posterior da garganta, no abdómen, ou no peito, subindo progressivamente, até provocar a vontade de vomitar.

Este sintoma genérico costuma vir acompanhado de uma ausência de apetite e, como dissemos, da vontade de vomitar. Isto deve-se ao fato de que as arrancadas que causa acabam por contrair sistematicamente, e de maneira repetida, os músculos respiratórios e abdominais. 

Em geral, poderíamos definir dois tipos diferentes de náuseas:

– Náuseas agudas: São aquelas cujo aparecimento não supera nunca os 30 dias.

– Náuseas crónicas: Repetem-se diariamente, até ao ponto de se alargar durante vários meses. Podem aparecer e desaparecer sem nenhum tipo de explicação, mas sempre regressam.

náuseas ao despertar

Razões pelas quais pode ter náuseas matutinas

As incómodas arrancadas com as quais nos despertamos, e que acabam por derivar numa dor de abdómen, garganta e/ou peito, podem suceder pelas seguintes causas:

– A acidez que se manifesta no estômago, quando o ácido regressa ao esófago.

– Pancreatite: inflamação do pâncreas.

– Úlcera péptica: o revestimento do estômago ou do intestino delgado é testemunha da formação de feridas abertas.

Problemas psicológicos, como ansiedade, depressão e, sobretudo, transtornos de alimentação, como bulimia, ou anorexia.

– Cálculos biliares: Os famosos cálculos, que se formam na vesícula biliar, podem piorar durante a digestão.

– Toma de certos medicamentos contra o cancro, antibióticos, anticoncetivos, analgésicos, gastrointestinais, ou remédios contra o Parkinson, também podem provocar o aparecimento de náuseas.

– Fatores de carácter neurológico, como as enxaquecas, transtornos convulsivos, ou a simples dor de cabeça.

Gastroenterite, e intoxicações alimentares, provocadas pela ingestão de comida em mau estado.

Náuseas ao despertar nas mulheres grávidas

Existe outra razão pela qual se podem ter náuseas: a gravidez. Neste caso, falamos dos vómitos e arrancadas que se produzem em período de gestação, com uma ressalva: podem ser matutinas, ou suceder incluso a meio da noite.