5 curiosidades sobre os sonhos

Jul 19, 2021 | INFORMAMOS-TE | 0 comments

Sonhar é algo habitual, que ocorre na fase REM, enquanto dormimos. Apesar de que a psicanálise leva tempo estudando as características dos sonhos, e tentando resolver os enigmas que os envolvem, o certo é que as investigações científicas, todavia não lograram decifrar com exatidão porque sonhamos.

Podemos ter vários sonhos durante a mesma noite. Podem ser entretidos, irreais, divertidos, fantásticos, e até terroríficos. Um terço das nossas vidas passamos a dormir, e uma grande parte sonhando. Portanto, passamos muito tempo vivendo num mundo onírico.

Curiosidades sobre os sonhos

Sonhar é uma atividade na qual damos via livre à nossa imaginação. Em muitas ocasiões, vivemos experiências que na vida real seríamos incapazes de levar a cabo. Quer porque são desejos aparentemente inalcançáveis, ou porque o nosso subconsciente nos mostra situações às quais não fazemos frente por medo, ou falta de valentia.

Assim, os sonhos dependem em grande medida da experiência do nosso dia a dia: traumas, desejos e ambições misturam-se todas as noites dentro da nossa cabeça. ¿Quer conhecer algumas das curiosidades dos sonhos?

1. – A maioria dos sonhos esquecem-se rapidamente

Mesmo que os sonhos possam parecer eternos, a maioria das vezes esquecemos esses sonhos pouco tempo depois de acordar. Para encontrar a explicação para este feito realizaram-se vários experimentos, que concluem que a atividade do nosso cérebro não funciona da mesma forma enquanto estamos a dormir, e enquanto estamos acordados.

Parece que, enquanto dormimos, a nossa atividade cerebral não guarda na memória o que sonhamos. Por isso, as experiências dos sonhos limitam-se ao momento em que estão a ocorrer, e assim ao acordar são esquecidas quase de imediato.

2. -Alguns sonhos são a preto e branco

Normalmente, os sonhos são a cores. Ainda assim, existe uma pequena percentagem da população que sonha a preto e branco. Em geral, os sonhos a preto e branco estão associados à negatividade, ao infortúnio, ou à falta de sentido na vida.

Segundo investigações realizadas, a maioria das pessoas jovens sonha a cores, enquanto que as pessoas de mais idade o fazem a preto e branco. Esta é a investigação que levou a cabo Eva Murzyn, investigadora da Universidade de Dundee, no Reino Unido. Segundo as suas conclusões, dependendo da cor com que vemos os filmes durante a infância, assim nos lembramos dos sonhos.

3. -Os sonhos podem controlar-se

¿Já ouviu falar dos chamados sonhos lúcidos? Ainda que não seja algo habitual, em algumas ocasiões podemos ser conscientes de que estamos a sonhar, e da mesma forma, controlar o desenvolvimento do mesmo.

Pelo menos alguma vez na vida é provável que isto ocorra. Neste sentido, a possibilidade de controlo estende-se aos personagens, ao contexto, e ao conteúdo dos mesmos. Sem qualquer dúvida, os sonhos lúcidos não costumam ser habituais, mas são benéficos para a nossa saúde mental, já que aumentam a nossa autoestima.

4. – Os animais também sonham

Se tem alguma mascote, já se deu conta de que, por vezes, enquanto está a dormir, move a sua cauda, ou as suas orelhas. Ainda que seja uma hipótese dificilmente demonstrável, existe a possibilidade de que os nossos gatos ou cães passem pelas mesmas etapas do sonho que os humanos.

Não está muito claro se o fazem todas as espécies, mas as experiências realizadas com ratos indicam que o seu padrão de sono é quase idêntico ao dos humanos, com a diferença de que as fases se desencadeiam com maior rapidez.

5. -Sonhamos mais coisas negativas que positivas

Infelizmente, não é possível prever o que vamos sonhar cada noite. Se bem que o ideal seria ter sempre sonhos prazenteiros, que nos provocassem o primeiro sorriso do dia, a maioria costuma ter um componente negativo.

Entre eles, destacam-se os desagradáveis pesadelos. São sonhos muito pesados, nos quais se vive uma experiência realmente aterradora. Por isso, ao acordar, pode ficar no corpo a sensação de temor durante uns momentos.

Os maus sonhos são mais habituais quando nos encontramos experienciando um período de stress ou nervosismo. São uma projeção das preocupações que temos no dia a dia. O mais surpreendente de sofrer pesadelos é que alguns estudos afirmam que as pessoas que têm muitos pesadelos, são muito mais criativas.

Curioso, ¿verdade? Agora que já sabe algumas das curiosidades mais interessantes sobre os sonhos, convidamo-lo a descansar confortavelmente, e a desfrutar assim de um sono reparador, com os nossos conjuntos de descanso. Dê uma vista de olhos ao nosso catálogo, e sonhe placidamente.